Pular para o conteúdo

Sudão do Sul

Visão geral do país

No Sudão do Sul, o Rooted in Trust 2.0 está trabalhando para abordar os impactos das informações relacionadas à pandemia na Equatoria Central, Equatoria Oriental, Alto Nilo, Estado da Unidade, Jonglei, Área Administrativa da Grande Pibor e Estado dos Lagos. Essas regiões são selecionadas devido ao nível de crises humanitárias e à existência de comunidades vulneráveis. Existem lacunas nas atividades offline e falta de atividades de resposta de mídia social, apesar da crescente circulação de rumores de plataformas de mídia social. A Rooted in Trust 2.0 realizará uma Avaliação do Ecossistema de Informação através da análise de ecossistemas de informação dinâmicos nestas comunidades alvo.

Rooted in Trust 2.0 O Sudão do Sul está produzindo produtos orientados por dados, como o Lugara Media Factsheets, o Lugara Community Factsheets, o Lugara Humanitarian Bulletin e os Flashcards para plataformas de mídia social. 

O Rooted in Trust 2.0 South Sudan lidera o Subcomitê de Rastreamento de Rumores, co-lidera o Subcomitê de Engajamento da Mídia e o Subcomitê de Engajamento da Comunidade de Comunicação. Também somos membros ativos do Grupo de Trabalho de Engajamento da Comunidade de Comunicação de Risco.

O Rooted in Trust 2.0 South possui uma Rede Peer-to-Peer que funciona como um espaço exclusivo para que os jornalistas interajam diretamente entre si em discussões abertas, compartilhem informações, ideias e preocupações à medida que recebem suporte técnico da Internews. Jornalistas e outros profissionais de mídia podem participar clicando no link a seguir: https://chat.whatsapp.com/CBf6PwtE6FL4f2H4wvaUgb

Como parte do Rooted in Trust, a equipe do Sudão do Sul fará parceria com:

Rede de Engajamento Comunitário (CEN) liderará as atividades locais projetadas para garantir que ultrapassemos a exclusão digital e possamos nos conectar com comunidades vulneráveis de maneiras acessíveis e potencialmente coleta e análise on-line de rumores e desinformação on-line da população deslocada no Alto Nilo e nos Estados da Unidade. 

Rádio Juventude Avançada é uma agência de mídia de desenvolvimento comunitário que trabalha para determinar as tendências do setor, as necessidades dos beneficiários e a melhor forma de atender às suas necessidades. A estação visa utilizar o poder da mídia para defender o empoderamento dos jovens e apoiar organizações da sociedade civil com a disseminação de informações que mudam vidas e oportunidades para ter uma voz mais forte em seu próprio desenvolvimento, promovendo suas campanhas de educação, direitos humanos e saúde. 

O #DefyHateNow A iniciativa trabalha para fornecer soluções baseadas na comunidade e baseadas em dados para o problema do discurso de ódio, desinformação e desinformação. O objetivo de seu trabalho é criar uma estrutura para aumentar a confiança entre as partes interessadas por meio da mobilização de ações cívicas contra todas as formas de discurso de ódio e incitação à violência, inclusive por meio da desinformação criada em meio à pandemia de COVID-19. 

A comunidade do rádio é uma organização não-governamental do Sudão do Sul que foi legalmente registrada em 2015. A Radio Community (TRC) está liderando o caminho no fornecimento de jornalismo independente, ético e profissional no Sudão do Sul. A TRC opera uma rede de 6 estações de rádio de idioma local baseadas na comunidade. 

Voz da Reconciliação A 98.4 FM é uma estação de rádio comunitária que está comprometida em dar às pessoas em Bor, estado de Jonglei, uma voz para o diálogo pela paz. 

Para mais informações, entre em contato com o Dr. Michael Gubay, Gerente Sênior de Projetos Humanitários, Internews South Sudan no e-mail: [email protected]

IEA

Avaliação do Ecossistema de Informação

Screenshot 2023-02-28 at 2.42.38 PM
IEA FULL REPORT (ENGLISH) - FEBRUARY 2023

LIVING IN INFORMATION LIMBO: THE CASE OF INTERNALLY DISPLACED PERSONS IN SOUTH SUDAN

This is a group of people that were displaced from their homes by either natural disasters such as flooding, or conflicts. Such insecurity and intercommunal conflicts disrupt the flow of information in the community and among vulnerable groups – those who do not have strong social connections and thus have limited access to reliable information. Food insecurity induced by a combination of famine, natural disasters, and a lack of sustainable agricultural practices is perceived as one of the pressing issues in the communities.

Screenshot 2023-02-28 at 3.05.12 PM
IEA FINDINGS AND RECOMMENDATIONS (SHORT VERSION) - FEBRUARY 2023

LIVING IN INFORMATION LIMBO (SHORT VERSIONS)

Mini-IEA SS RiT 2.0
IEA FULL REPORT - MARCH 2023

The Forgotten: An IEA for People with Disabilities in South Sudan

Despite their unique needs and specific vulnerabilities, these are often submerged under the category of ‘most vulnerable’. Organisations working with and representing People with Disabilities are often absent from humanitarian programming and the needs of People with Disabilities are thus not included in response action. To ensure that Internews’ Rooted in Trust 2.0 (RiT 2.0) Information Ecosystem Assessments (IEAs) are inclusive of People with Disabilities, this study assessed access to information and information flows among People with Disabilities in Central Equatoria and Northern Bahr El- Ghazal states in South Sudan.

2022 Rumor Trends

2022 Rumor Trends and Recommondations

The short presentation briefly highlights the rumor trends in South Sudan for the year 2022.  It illustrates the most persistent rumors, rumors that actually did go away, the most dangerous rumors, and even the weirdest rumors. In addition, non-COVID-19 rumors are also highlighted. Finally recommendations on the way forward are indicated

Recursos

Guias jornalísticos

Orientação

Talkwalker

Instantâneo de mídia social

A Rooted in Trust usa abordagens qualitativas e quantitativas para coletar e responder à desinformação nos contextos em que trabalhamos. As informações abaixo são alimentadas por Talkwalker e tem como objetivo fornecer um instantâneo rápido das tendências nas informações compartilhadas sobre o COVID-19 nas mídias sociais nesse contexto. Esses dados pretendem ilustrar tendências gerais, em vez de representar as crenças de todos os grupos.

TÓPICOS DE TENDÊNCIA

PALAVRA NUVEM

ANÁLISE DE SENTIMENTOS

Para uma análise mais abrangente da desinformação compartilhada em espaços online e offline que buscam intencionalmente as crenças e opiniões de membros vulneráveis da comunidade, consulte nosso Boletins de boatos.